Virar Poeta

13 de ago de 2012


Vou virar poeta para tudo poder dizer,
Vou virar poeta para ser o que quiser ser.
Mas poeta não posso ser se mulher eu sou. 
Virarei poetisa então, e falarei sobre o amor.

Falarei sobre a vida e as moléstias que me convém.
Transformarei-me numa barata, e num hospício vou viver.
Falarei sobre o céu e o mar, e sobre o bicho que sonho em ser.
Falarei sobre a vida e sobre o amor que não vem.

Escreverei poemas, odes, cânticos e poesias.
Contos, livros, peças, rimas e mais rimas.
Vou expor meu eu - lírico que tanto sofre.
Removerei meus sentimentos de dentro do cofre.

Terei licença poética, e escreverei sem regra alguma,
Pois o poeta, em sua imaginação,
Pode contar ou cantar,
E escrever com o coração.


Por: Layla Silva

8 Opiniões:

Arash Gitzcam disse...

oh, como é bom juntar letrinhas e fazer voar a imaginação...

Priscila Fantini disse...

muito bom!

Rodrigo Ferreira disse...

Oh! Layla!
Amei esse seu poema.
Rimas feitas e palavras rimadas.
Lindo blog.
Sou fã aciduo daqui rs

http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Que bonito ficou esse seu poema Larla :D

Steve Gleidson disse...

Isso que eu chamo de inspiração rs

Manfrá disse...

Magnifico!

Marcelo Cardoso disse...

Impactante! A foto é simplesmente encantadora. Bravo!

Bruno Inajosa disse...

tá lindo!!!

Postar um comentário

- Opiniões, críticas, sugestões e tudo mais são sempre bem-vindos, mas seja educado(a) comigo para que eu não precise ser indelicada com você.
- Fique a vontade para deixar o link de seu blog para que eu retribua a visita, desde que faça um comentário decente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

Siga por E-mail

AGREGADORES