Dear Agony

30 de abr de 2013


Bom, tenho percebido que minha forma de escrever desde que retomei o blog mudou bastante, e muito disso se deve às músicas que escuto para me trazer inspiração – a maioria delas tristes, depressivas, e que refletem o que redijo.
Enfim, reativando a tag musical, trarei para vocês hoje as músicas depressivas que mais me inspiram na hora de escrever. (Deixo claro que não me responsabilizo se alguém resolver cortar os pulsos enquanto lê esse post.)



  • No Surprises - Radiohead
Dizer o nome da banda já parece ser o suficiente para mim. Thom Yorke tem uma voz incrível, e é impossível - ao menos para mim - não se arrepiar ouvindo-o cantar. Radiohead é uma daquelas bandas das quais você nunca se cansa... E, caramba, eles são incríveis!

"No alarms and no surprises please (let me out of here)" (como não amar?)
 

  • Porcelain – Red Hot Chili Peppers
Red Hot também é uma daquelas bandas que nunca enjoam! Sou uma grande admiradora do trabalho deles, mas confesso que "Porcelain" foi uma surpresa para mim que estava acostumada a músicas agitadas e animadas, mas foi uma ótima surpresa. Primeiro: A voz de Anthony Kiedis é simplesmente emocionante. A tristeza que ela evoca é transmitida para quem ouve. E depois vem o baixo... Combinação perfeita com a guitarra e bateria... E putz, Flea é o cara! Melhor baixista da atualidade, só acho. 

"Porcelain/ are you wasting away in your skin/ are you missing the love of your kin/ nodding and melting and fading away"


  • World Behind my Wall – Tokio Hotel
Conheci a banda Tokio Hotel quando tinha uns doze ou treze anos, e foi amor a primeira vista. Mas foi só. Com o passar do tempo simplesmente me esqueci deles, mas há uns dias atrás resolvi relembrar o passado e baixar algumas músicas deles... E a primeira que me veio a cabeça foi essa mentira, foi “Darkside of the Sun”, mas whatever... Eu não sei bem o que me encanta nessa canção... Não sei se é a delicadeza de Bill Kaulitz cantando... Não sei se é o piano... Não sei se é simplesmente a saudade da pessoa que eu era quando ouvi a música pela primeira vez...

 
 "I'm ready to fall./I'm ready to crawl on my kness to know it all./I'm ready to heal./I'm ready to feel./ Take me there!"
 
 
  • ·         Astronaut – Simple Plan
    Simple Plan é uma das poucas bandas de pop rock que escuto e respeito mas só porque eles gravaram a música do Scobby-Doo. Comecei a ouvir “Astronaut” antes de voltar para casa e, caramba!, a música descrevia perfeitamente a forma como me sentia perdida e indecisa... Cada frase, cada letra... Era como se eu mesma a tivesse escrito.

    "I'm deafened by the silence/ Is it something that I've done?/ I know that there are millions/ I can't be the only one who's so disconnected/ It's so different in my head."



    •  Iridescent – Linkin Park
      Não gosto de Linkin Park. Já gostei, mas assim como Tokio Hotel, me esqueci deles e hoje em dia suas músicas só me irritam. Porém, ao contrário de mim, meu cunhado é fã deles, e depois de pegar seu cartão de memória emprestado, me peguei ouvindo suas músicas por acidente... E aí me deparei com “Iridescent”, e a letra era perfeita para mim, descreve como me sinto no momento. Sabe quando você precisa deixar os sentimentos ruins irem embora para poder se salvar? Então, é disso que a música se trata. E, caramba!, por que pianos soam tão depressivos para mim?
       

      "Do you feel cold and lost in desperation/You build up hope but failure's all you've known/ Remember all the sadness and frustration/ And let it go/ Let it go"



      P.S.: Sim, para mim essas músicas são totalmente depressivas - e inspiradoras.

5 Opiniões:

Rodrigo Ferreira disse...

Laila conheço essas musicas e adoro ouvi-la. Simple Plan, Linkin Park, Tokio Hotel e ainda P!NK Com musicas depressivas agente escreve tão bem rs. Adoro ler os blogs e os donos falarem isso rs.

http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

santofigueiredo disse...

Quando eu estou deprê eu ouço Paulo Sérgio, Waldick Soriano, Bartô Galeno, Diana...
Tudo da época da minha vó. rs

Matheus Alonso disse...

Acho Tokio Hotel horrível, foi mal.

Fora isso, de boas, especialmente por No Surprises. Essa é braba.

Fui!

Claudio Chamun disse...

O Vagner Figueiredo arrebentou com o cometário - kkk.
Bartô Galeno nunca ouvi falar.
Os demais é para deprê mesmo - kkk.

Thamyris disse...

Se não tivesse Radiohead sabia que não seria uma lista depressiva de nem precisar cortar os pulsos, apenas esfregar um no outro. Bom post, apesar de que não ouvi as músicas (e o medo de chorar? rs).

http://utopianongrata.wordpress.com/

Postar um comentário

- Opiniões, críticas, sugestões e tudo mais são sempre bem-vindos, mas seja educado(a) comigo para que eu não precise ser indelicada com você.
- Fique a vontade para deixar o link de seu blog para que eu retribua a visita, desde que faça um comentário decente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

Siga por E-mail

AGREGADORES