Pra que Amar? Pra que Amor??

10 de jun de 2012


O amor. Ah, o amor. Como uma palavra de quatro letras, tão aparentemente inofensiva pode causar tanto sofrimento, tanta destruição por onde quer que passe? Sinceramente, não sei. A única coisa que sei é que o amor pode fazer você andar nas nuvens, ou caminhar em brasas. Bom, mas será que isso realmente importa? Creio que não.
A verdadeira questão é que a gente sempre diz que não quer amar, que isso é para os fracos e blábláblá... Eu também digo isso. Mas tal ato é simplesmente impossível. Sabe por quê?
Raciocinem comigo: logo dentro do útero, já somos amados, e sem saber, retribuímos esse amor. Amamos nossos amigos, nossos irmãos, nossos bichos de estimação...
Como deixaríamos de amar, como nos privaríamos disso, se, historicamente fomos feitos para isso?
É, acho que vocês entenderam meu ponto de vista. Então, coloquem nessas cabecinhas ocas que todos devemos amar e que, em algum momento, seremos amados também. Não importa se vamos sofrer o que importa é o quanto vamos amar. 


By: Layla Silva

7 Opiniões:

Marcelo Soares disse...

Existem diversas formas de amar e muitos tipos de amor. A gente que faz essa escolha. O que não devemos confundir é o amor de mãe com o de amigos, o de amigos com a pessoa que queremos nos relacionar (carnalmente). Se você souber diferenciar, ama e é amado, se começar a confundir as coisas, sofrera.

Beijo

Steve Gleidson disse...

Obrigado por me perseguir mais uma vez rs. Eu não te contei do meu novo blog porque achei que você ia ficar chateada por causa dessa nova mudança, achar que eu estava forçando a barra ou algo do tipo, desculpa, eu penso muita bobagem rs. E não se preocupe com a ausência de poesias eu tenho muitas cartas na manga.

P.S: Sem querer ser chato mas já sendo não poderia colocar meu novo blog na sua lista do veja também? Em troca eu curto a sua página no face é que quase ninguém visita meu blogs eu não sou muito popular então uma ajudinha seria conveniente rs. E mais uma vez muito obrigado pelo apoio e não vou mais questionar sua lealdade aos meus blogs minha perseguidora favorita rs. Abraços e sucesso pra você ^^

Angelica Romualdo disse...

Estou retribuindo a visita e já estou seguindo o seu blog.
Realmente são varias as forma de amar e vendo por esse lado não adianda ninguém ficar correndo atrás porque quando tiver que ser irá acontecer.

Jéssica Moura disse...

Muito bom adorei seu blog *--*

Seguindo ;)

www.galleriafeminina.blogspot.com.br

Steve Gleidson disse...

Claro que o ''perseguidora'' foi uma brincadeira né? È sempre bom saber que alguém aprecia o que você faz. A propósito parabéns pela sua página no Facebook, está muita boa mesmo. Até mais.

Anderson J. Silva disse...

Olá Layla,
Muito obrigado pela visita no Erros e Acertos.
Estou seguindo.

Bom, acho impossível uma pessoa não amar. O amor faz parte da vida né?
Bom ou ruim, é bom amar. rsrs

http://errosxacertos.blogspot.com.br/

beijos e até breve

Anônimo disse...

Antes de amar ou querer amar, ou o que quer que seja relacionado ao amor, penso que temos de nos libertar primeiro, só um "ser livre" ou com pretenção a ser livre conseguirá exercer o amor no seu mais fiel sentido, e esse amor depois de uns pingos de liberdade surte em não sentimos dor ao vivê-lo. Parece utópico, mas acho que é possível.

Postar um comentário

- Opiniões, críticas, sugestões e tudo mais são sempre bem-vindos, mas seja educado(a) comigo para que eu não precise ser indelicada com você.
- Fique a vontade para deixar o link de seu blog para que eu retribua a visita, desde que faça um comentário decente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

Siga por E-mail

AGREGADORES