Poesia e Amor

27 de mar de 2013



Quando as metáforas acabarem
Quando o veneno me anestesiar
Dias não serão mais noites
E aí sim poderei te amar.

Quando meu amor for puro
Quando o tempo parar de correr
A distância não será mais problema
E só irei querer você.

Quando te tiver aqui, comigo
Quando o amor não for demais
Restarão só alguns dias
Uma eternidade para amar.

E quando eu te decepcionar,
Ou você, sabe-se lá porque...
O perdão não precisará ser pedido
Porque nos tornamos nós, um só ser.

E quando então tudo acabar
Quando teu amor por mim morrer
Deixarei que vá embora
Para que sozinha possa sofrer.

Sofrerei e te verei feliz
Como quando estávamos juntos
E guardarei toda a dor aqui dentro,
No meu peito, bem lá no fundo.


Por: Laila Silva


7 Opiniões:

Anônimo disse...

Uau!

B. disse...

Cheio de emoção e sentimento!

@qFernando disse...

Lindo, daria uma música ótima (primeira estrofe como refrão , achei a mais bonita), parabéns Layla..

bjs e boa semana..

____________________________
http://anteontemmusical.blogspot.com.br/

Claudio Chamun disse...

Show!

Reload Aon disse...

Muito bom, você tem muito talento, está de parabéns!
Muito bom o blog, estou seguindo.

Rodrigo Ferreira disse...

Sua poesia e um toque de romance que está no ar.
Sempre me toca sempre suas poesias. Ah! esta´muito boas e ótimas suas poesias.

http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

Lucimar da Silva Moreira disse...

Linda a poesia adorei. Layla obrigada pela visita adorei seu blog, já estou te seguindo, tenha um ótimo final de semana, beijos.
Links:

Estrela da Manhã

Lucimar Virtual

Divulgue seu blog no face

Postar um comentário

- Opiniões, críticas, sugestões e tudo mais são sempre bem-vindos, mas seja educado(a) comigo para que eu não precise ser indelicada com você.
- Fique a vontade para deixar o link de seu blog para que eu retribua a visita, desde que faça um comentário decente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

Siga por E-mail

AGREGADORES