Under the Bridge, tarde desastrosa assistindo Malhação.

14 de mar de 2013



Sensação de não pertencer. À essa cidade. À essa família. A quem dedico o que sou. Aliás, o que sou? Amontoado confuso, num misto de tristeza e raiva. Solidão. Me sinto bem, me sinto mal, mas na verdade não sinto.
Não me apaixono, não odeio, não mato, não morro. Não há ninguém lá fora, mas eu ainda os escuto falar. Falam como se estivessem chorando. Assustados por não saberem outros caminhos. Aliás, quem é que sabe?
Mudei-me. Perdi o controle. Abandonei meus vícios e fiz o que julgava ser melhor. Segui adiante e depois voltei. Ainda não sei se fiz o certo. Mas eu sinto, às vezes eu sinto, mesmo que seja apenas por um segundo, às vezes eu me sinto bem.



Por: Laila Silva

10 Opiniões:

Keisciane Gomes disse...

As vezes parece que tudo ta errado mais isso é uma fase pode crer que vai passar ;)
Tudo passa !!!!!

Steve Gleidson disse...

Exatamente como me sinto agora.

Marcelo Soares disse...

Oi Laila.
Nossa, quantas idas e vindas. Mas toda ida e toda vinda, por mais que pareça zerar um ciclo, porque a gente fez e desfez, deve ser encarado como uma lição. Assim como o sentir e o não sentir. Tudo, absolutamente tudo serve como aprendizado. =D

Beijo

Rodrigo Ferreira disse...

E me surpreendi com seu texto. Eu me sinto assim "Perdi o controle. Abandonei meus vícios e fiz o que julgava ser melhor. Segui adiante e depois voltei. Ainda não sei se fiz o certo. Mas eu sinto, às vezes eu sinto, mesmo que seja apenas por um segundo, às vezes eu me sinto bem." Mas sobrevivi a tudo. Gostei demais do seu blog. bjs

Caroline Luft disse...

Muito bem escrito, porém triste. Não nego, já me senti assim e sei que acontecerá de novo, simplesmente. Mas depois que passa, depois que a gente percebe que a felicidade não está só nisso, não se baseia só nas relações humanas... enfim, dá uma vontade tão grande de viver.

B. disse...

Penso que todos nós em certos momentos somos um emaranhado de confusões.
Adoro teu devaneio!

Bk. disse...

É triste se sentir assim. Já me senti assim. Hoje não me sinto mais. Na verdade me sinto uma das pessoas mais felize e completa do mundo!! Graças a Jesus. E não digo isso da boca pra fora. Digo pq sei oq sentia e o q sinto hoje. :)

http://passaroseoceanos.blogspot.com.br/

Ana Luisa Lobo disse...

Lailinha! estou começando a ler seu blog. *Almofadinha*

Ana Luisa Lobo disse...

não precisava disso, esqueci de colocar no anônimo hahaha

Claudio Chamun disse...

Nestas horas que os amigos tem que aparecer. Estejam perto, estejam longe sempre serão amigos.

Postar um comentário

- Opiniões, críticas, sugestões e tudo mais são sempre bem-vindos, mas seja educado(a) comigo para que eu não precise ser indelicada com você.
- Fique a vontade para deixar o link de seu blog para que eu retribua a visita, desde que faça um comentário decente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

Siga por E-mail

AGREGADORES